O que a coleção de Inverno 2007 da Balenciaga por Nicolas Ghesquière, tem a ver com revolução política? Qual o diálogo entre o pensador alemão Walter Benjamin, e a coleção Mondrian de 1965 de Yves Saint Laurent? Como é possível relacionar a estreia da Comme des Garçons na Paris da década de 80 com a Queda do Muro de Berlim? A atual tendência Agender (moda sem gêneros), encontra consonâncias nas ideias de Judith Butler, Friedrich Nietzsche e do poeta francês Charles Baudelaire?

 

A partir destas, e outras, inquietações, o pesquisador em filosofia pela UNIFESP (Universidade Federal de São Paulo), Brunno Almeida Maia, ministrou o curso Constelações Visionárias: a relação entre Moda, Arte e Filosofia, que aconteceu entre os dias 03 a 05 de agosto de 2016 no Galpão Paraíso em Belo Horizonte

 

 

 

 QUEM FEZ? 

 

Professor: Brunno Maia

Produção: Rafaela Ianni e Bianca Perdigão

Registro: Raul Brandão Sampaio